Home / DESTAQUE 1 / Iguaí: Queimada na Região Água Vermelha segue sem controle; Corpo de Bombeiros chega ao município

Iguaí: Queimada na Região Água Vermelha segue sem controle; Corpo de Bombeiros chega ao município

Uma queimada de grande proporção, na Região da Água Vermelha, meio rural de Iguaí, continua sem controle. Um grupo de voluntários, formado por moradores da região e da Sede, persiste no local tentando conter o avanço do incêndio. Neste sábado (19), desde às 5 da manhã, diversas ações foram realizadas no intuito de impedir que o fogo aumente e também atinja outras regiões do município.

Clique Aqui e veja fotos exclusivas do local da queimada na Água Vermelha

DSC00377
Voluntários tentam apagar incêndio na Região da Água Vermelha, em Iguaí | Foto: IguaíBAHIA

De acordo com informações de moradores da região, o incêndio começou há aproximadamente duas semanas na região do Riachão de Cambiriba e há alguns dias chegou à Água Vermelha. O prejuízo ambiental já é imensurável. Diversos animais já foram mortos com a queimada. A região também é riquíssima em nascentes e rios.

Número de focos de incêndio em Iguaí segundo INPE - 18/12/15
Número de focos de incêndio em Iguaí segundo INPE – 18/12/15

De acordo com o Divisão de Processamento de Imagens do  Instituto Nacional de Pesquisa Espaciais – INPE, foram registrados 30 focos de incêndio em Iguaí, nas últimas 24 horas. Para pesquisar o número de focos de incêndio de qualquer município do Brasil. Clique Aqui.

Queimada

Utilizada para limpar e preparar o solo para o plantio, a queimada ainda é uma prática comum entre agricultores, principalmente com menos recursos financeiros. No entanto usar o fogo com esses objetivos não traz nenhum benefício ao produtor. Pelo contrário. Essa prática primitiva causa danos ao solo e aos demais recursos naturais. É o que explica o coordenador substituto de Manejo Sustentável dos Sistemas Produtivos da Secretaria de Desenvolvimento Agropecuário e Cooperativismo do Ministério da Agricultura, Luiz Novais de Almeida.

Além de afetar os solos, o fogo deteriora a qualidade do ar, levando até ao fechamento de aeroportos por falta de visibilidade, reduz a biodiversidade e prejudica a saúde humana. Ao escapar do controle, atinge o patrimônio público e privado (florestas, cercas, linhas de transmissão e de telefonia, construções, etc.). As queimadas alteram a composição química da atmosfera e influem, negativamente, nas mudanças globais, tanto no efeito estufa quanto na redução da camada do ozônio.

Com informações do INPE, Ministério do Meio Ambiente e Ministério da Agricultura

Sobre Redação | IguaíBAHIA.com.br

Veja Também

I CCMF está sendo realizada pela ADUE em Iguaí e movimentando os finais de semana

A ADUE (Associação Desportiva União Etiópia), está realizando em Iguaí, a I CCMF (Copa dos ...