Home / DESTAQUE DE GIRO / Governador e ministro instalam Universidade Federal do Sul, em Itabuna

Governador e ministro instalam Universidade Federal do Sul, em Itabuna

O governador Jaques Wagner e o ministro da Educação, Aloísio Mercadante, participam, nesta sexta-feira (20), às 15h, em Itabuna, do ato de instalação da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB). A solenidade será no distrito de Ferradas, onde funcionará a reitoria da nova universidade. Também serão assinados termos de cooperação técnica entre a UFSB e as Secretarias Estaduais de Educação (SEC), de Cultura (Secult) e de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), para viabilizar o funcionamento dos campi.

A UFSB vai funcionar com campi distribuídos em três municípios do Sul e Extremo Sul da Bahia: campus Jorge Amado, em Itabuna – Centros de Formação em Ciências, Tecnologias e Inovação; em Comunicação e Artes; e Instituto de Humanidades, Artes e Ciências de Itabuna; campus Sosígenes Costa, em Porto Seguro – Centros de Formação em Ciências Humanas e Sociais; em Ciências Ambientais; e Instituto de Humanidades, Artes e Ciências de Porto Seguro; campus Paulo Freire, em Teixeira de Freitas – Centro de Formação em Ciências da Saúde e Instituto de Humanidades, Artes e Ciências de Teixeira de Freitas.

A reitoria e o campus Jorge Amado serão implantados provisoriamente nas instalações da antiga central de distribuição da rede de supermercados Messias, em Ferradas. O prédio, alugado por cinco anos pela Prefeitura de Itabuna, fica na margem esquerda do trecho Itabuna-Ibicaraí da BR-415. O professor Naomar de Almeida Filho, ex-reitor da UFBA, é o reitor pro tempore da UFSB. A plena implantação está prevista para 2020.

A UFSB atenderá à nova conjuntura econômica e social do Sul da Bahia (Litoral Sul, Costa do Descobrimento e Extremo Sul), com os investimentos estratégicos dos governos federal e estadual (Ferrovia Oeste-Leste, Porto Sul, pólos industriais, aeroportos e Parque Tecnológico) que implicam na necessidade de formação, em grande escala, de quadros profissionais e tecnológicos.

O ingresso de alunos se dará através de Bacharelados Interdisciplinares (BI), com acesso via Enem/SISu ou da Rede Anísio Teixeira de Colégios Universitários (Cuni) instalados nos municípios de maior porte da região Sul. Para acesso à Rede Cuni, o Enem será usado na seleção de estudantes que tenham cursado todo o ensino médio em escolas públicas, em cada município. As atividades começam no segundo semestre de 2014. No final do período de implantação previsto, projeta-se um total geral de matrículas de quase 18 mil estudantes regulares.

A instalação da UFSB vai gerar 1.200 empregos diretos, sendo 617 docentes da carreira de Magistério Superior, 242 servidores de nível superior e 381 funcionários federais Técnico-Administrativos em Educação. A massa salarial total vinculada ao orçamento da União será aproximadamente R$ 90 milhões/ano. O montante previsto para custeio será aproximadamente R$ 30 milhões anuais. O impacto econômico pode ser ainda acrescido dos investimentos previstos em construção civil, equipamentos e instalações, estimados em R$ 200 milhões ao longo de cinco anos.

Com informações da Secom/BA

Sobre Redação | IguaíBAHIA.com.br

Veja Também

Vídeo: Festa De Setembro De Iguaí 2017, A Melhor Festa De Todos Os Tempos!

Deixe uma resposta