Home / DESTAQUE DE GIRO / Brasileirão série D: CSA e Vitória da Conquista empatam no Rei Pelé

Brasileirão série D: CSA e Vitória da Conquista empatam no Rei Pelé

Não faltou emoção na partida entre CSA e Vitória da Conquista, neste sábado, no Estádio Rei Pelé. Com muita disposição, os times travaram um duelo equilibrado em Maceió, pela Série D do Brasileirão, e a partida terminou empatada por 2 a 2. Patrick e Pedrinho marcaram os gols do Azulão, com Rafael Granja e Danilo assinalando para o Bode.

Foto: site ecppvc.com
Foto: site ecppvc.com

O Vitória chegou a 11 pontos e continua na terceira colocação do Grupo A4. No próximo domingo, o time baiano vai receber o Sergipe, às 16h, para decidir sua sorte no campeonato.

O lanterna CSA encerrou sua participação na competição nacional e, com quatro pontos e sem chances de classificação, também se despediu da temporada. No próximo dia 30, o clube vai escolher o novo presidente nas eleições antecipadas. O único candidato deve ser o advogado Jurandy Torres, que teve o nome lançando na sexta-feira após reunião entre conselheiros.

O Azulão partiu para cima do adversário desde o início da partida. Na primeira jogada mais trabalhada, o CSA abriu o placar no Rei Pelé. Wilson acionou no ataque Alisson, que deu um belo passe para Patrick. O meia driblou o goleiro do Vitória e, aos 9 minutos, bateu para o gol vazio: 1 a 0.

Animado, o time alagoano manteve a pressão e quase marcou aos 14 minutos, com Wilson, que girou na área e deu um susto no goleiro Augusto. A energia do estádio caiu e paralisou a partida por 10 minutos. No retorno, o Vitória da Conquista mostrou suas garras e passou a rondar com perigo o gol de Manoel. A melhor chance do Bode foi aos 51 minutos. Júnior Gaúcho faz boa jogada e acionou Humberto, que, embaixo da trave, furou e desperdiçou o ataque.

Bode empata no início do segundo tempo

O Vitória da Conquista precisava dos três pontos para entrar na zona de classificação e decidiu imprensar o CSA em seu campo de defesa. Aos 7 minutos, Rafael Granja recebeu na entrada da área e, de primeira, acertou no ângulo superior direito. Golaço!

O time alagoano caiu muito de produção e deu espaço ao adversário. Aos 17 minutos, Humberto fez bela jogada e foi derrubado na área pelo goleiro Manoel: pênalti. Para complicar a vida do Azulão, o arqueiro ainda foi expulso. O reserva Batinga foi para o gol, mas não defendeu a cobrança executada por Danilo: 2 a 1 para o Bode. O CSA parecia batido, mas teve forças para reagir. A zaga do Vitória saiu jogando mal, Pedrinho pegou a sobra e avançou. Na saída do goleiro Augusto, o atacante marcou o gol de empate aos 28 minutos. Aos 33, Diego Prates acertou o atacante Rony, do CSA, e foi expulso de campo. Zé Leandro, doVitóriap, agrediu Acácio nos acréscimos e também recebeu o cartão vermelho.

Ficha técnica

CSA: Manoel; Alves, Sinval, Wagner Silva e Acácio; Robson, Cassiano (Batinga), Alisson (Pedrinho), Patrick; Rony e Wilson (Paulo Jr.). Técnico: Lino.

Vitória da Conquista: Augusto; Zé Leandro, Jr. Gaúcho, Silvio e Eder; Diego Prates, Edimar, Ramires (Alessandro) e Roni; Rafael Granja e Humberto. Técnico: Ubirajara Veiga.

Com informaçõs do Globoesporte.com/Maceió

Sobre Redação | IguaíBAHIA.com.br

Veja Também

Iguaí: Ibiporanga II Vence Riachão de Lô na abertura do Campeonato Rural 2017

Na tarde deste domingo, 01 de Outubro de 2017, por volta dás 15h20, no distrito ...

Deixe uma resposta