Home / DESTAQUE 1 / BA-262: descaso e quantidade de buracos dificulta a travessia de motoristas

BA-262: descaso e quantidade de buracos dificulta a travessia de motoristas

Rodovia é rota de turismo para uma das cidades mais belas da região sudoeste do estado, Iguaí.

Quem trafega pela rodovia BA-262, no sudoeste baiano, enfrenta há quase dois anos um problema ao longo dos 52 km de percurso. O trecho que liga as cidades de Poções, Nova Canaã, Iguaí e Ibicuí possui muitos buracos, os quais aumentam com o passar do tempo e da falta de manutenção, além do risco de acidentes e de assaltos, pois os motoristas chegam a reduzir a velocidade a 20km/hora.

“É muito complicado trafegar no local, a sinalização da pista em alguns trechos está apagada, não possui acostamento e o asfalto muitas vezes cede no período de chuva devido às péssimas condições. Um descaso total”, afirma um dos moradores da região.

BA 262.

Para o empresário Nelo Ferrari, caminhões de carga pesada, carros de passeio e os transportes rural e intermunicipal que passam pela estrada constantemente, são os que mais sentem na pele e no bolso as dificuldades. Os buracos causam danos nos carros, peças são danificadas, além de atrasar a viagem dos motoristas que precisam chegar em tempo hábil ao local de destino. Já os motoristas que trabalham em empresas levando cargas para outras cidades, quando há atrasos, são penalizados.

A rodovia é uma rota de turismo importante para a região, principalmente para a bela cidade de Iguaí, dotada de cachoeiras, rios e nascentes que atraem turistas de todos os lugares. Em março deste ano foi feito um protesto, com a participação de moradores e motoristas, que fecharam os dois sentidos da via reivindicando pavimentação urgente e reclamando da falta de investimento por parte do Estado.

Rodovia BA 262, Poções – Nova Canaã | Foto: Portal Poções
Rodovia BA 262, Poções – Nova Canaã | Foto: Portal Poções

Em nota publicada, o Departamento de Infraestrutura de Transportes da Bahia (DERBA) disse que a recuperação da estrada está prevista somente para o primeiro semestre de 2016. Porém a população e os que trafegam no local reclamam que não podem esperar mais, muito menos aceitarão mais atrasos na recuperação da estrada.

Contraste: as belezas de Iguaí

Localizada no médio sudoeste e próxima aos municípios de Itabuna e Vitória da Conquista, a bela cidade de Iguaí que fica a 497 km de Salvador, possui um potencial turístico muito elevado, pela presença de paisagens naturais. Em todo o município são 180 cachoeiras e 27 rios. Em tupi guarani, Iguaí significa “fonte de água”, e não é à toa que possui mais de 2.000 nascentes.

Cachoeira de Bequinha/ Balneário Guaíra (Foto: Arquivo IguaíBAHIA)
Cachoeira de Bequinha/ Balneário Guaíra (Foto: Arquivo IguaíBAHIA)

Tem ainda uma natureza privilegiada, com serras, matas e trilhas de beleza encantadora, ideal para a prática de turismo, proporcionando raros momentos de lazer, descontração e alegria aos seus visitantes.

A Serra do Jaguar é uma das mais visitada pelos turistas e adeptos de esportes radicais, fica a 18 km de distância do município e tem 1.200 metros. Outro roteiro muito praticado é o da Cachoeira do Esmeraldino, passando pelas quedas do Dino, Bequinha, Três Quedas dos Maias e do Argentino.

A Serra das Sete Voltas, opção para quem gosta de trilhas e montanhismo, é  localizada nos limites entre os municípios de Poções e Nova Canaã. Já a Serra do Ouro, a 20 km da sede e com 1.226 metros de altitude, fica na região do Rio Preto, é uma serra que carrega lendas e histórias sobre ouro e lagoas encantadas e vislumbra belíssima vista panorâmica. Além desses pontos turísticos, Iguaí oferece ao visitante algumas opções de hotéis, pequenas pousadas aconchegantes e restaurantes com cardápios bastante interessantes.

Matéria reproduzida do site da UPB

Sobre Redação | IguaíBAHIA.com.br

Veja Também

Vídeo: Festa De Setembro De Iguaí 2017, A Melhor Festa De Todos Os Tempos!