Home / NOTÍCIAS / BAHIA / Gestores e ex-gestores acumulam débitos de R$ 642 mi com cofres municipais na Bahia

Gestores e ex-gestores acumulam débitos de R$ 642 mi com cofres municipais na Bahia

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Levantamento disponível no site do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) aponta que prefeitos, presidentes de Câmara e gestores de órgãos públicos municipais acumulam débitos de mais de R$ 642 milhões em multas e ressarcimentos não realizados. Os débitos mais antigos registrados pelo órgão datam de 2000 e, segundo o TCM, não foram pagos aos cofres dos municípios. Deste total, R$ 602.421.979,08 referem-se a determinações para que os gestores devolvam valores mal empregados na gestão pública, a exemplo do ex-prefeito de Camaçari, Tude, condenado a devolver aos cofres da cidade mais de R$ 23 milhões, mesmo valor devido por Zedafó, ex-prefeito de Araci. Há casos ainda como do ex-gestor de Salvador, João Henrique Carneiro, que acumula quase R$ 6 milhões em ressarcimentos determinados pelo TCM e ainda não quitados de acordo com a Corte. E os débitos não pagos de ex-gestores atingem desde a capital até municípios menores, como Itapicuru, que amarga a pior posição baiana no Índice Desenvolvimento Humano (IDHM) de 2010 e não teve pagos aos cofres R$ 227 mil, com condenações do TCM entre 2005 e 2015 do ex-prefeito José Moreira de Carvalho Neto e de ex-presidente da Câmara de Vereadores. Clique aqui e veja a lista completa

Por | Portal Bahia Notícias / TCM/BA

Sobre Wendel Oliveira | IguaíBAHIA.com.br

Wendel Oliveira | IguaíBAHIA.com.br
Wendel Oliveira Sousa. Nasceu na cidade de Macaúbas, sertão da Bahia. Mora em Iguaí desde 2013. É professor de História e Filosofia. Também é 'apaixonado por rádio' e colaborador da Rádio Comunitária Iguaí FM, onde apresenta o Programa Em Pauta e o Esporte em Debate.

Veja Também

Iguaí: Ibiporanga II Vence Riachão de Lô na abertura do Campeonato Rural 2017

Na tarde deste domingo, 01 de Outubro de 2017, por volta dás 15h20, no distrito ...

Deixe uma resposta